Gostou? Então vote!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Como viajar neste fim de ano de maneira sustentável

Foto: Google Imagens

Antes de colocar os pés na estrada para curtir as férias, pense que é possível conhecer outras cidades sem deixar de lado as preocupações ambientais e as atitudes sustentáveis. As dicas a seguir são essenciais para a preservação do meio ambiente e fazem parte do Passaporte Verde, uma iniciativa da Força-Tarefa Internacional para o Desenvolvimento do Turismo Sustentável.

O objetivo é estimular o turista a adotar uma postura responsável enquanto viaja. Ou seja, respeitar o meio ambiente e favorecer a economia local e o desenvolvimento das comunidades que está visitando. No Brasil, a campanha é coordenada pelos Ministérios do Meio Ambiente e do Turismo, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

Dicas para escolher um destino ecologicamente correto:


  • Pesquise se o destino que você está cogitando conhecer oferece meios de transporte, acomodações, tratamento de lixo e esgoto e políticas sustentáveis em parceria com a comunidade.
  • Procure sites especializados em ecoturismo e turismo sustentável, que auxiliam a escolher destinos que permitam verdadeiras experiências de aprendizado e benefícios recíprocos tanto para o viajante como para as comunidades.
  • Escolha as operadoras de turismo, pousadas e hotéis comprometidos com o desenvolvimento sustentável do município, que evitem danos ambientais e que façam usos mais eficientes dos recursos.
  • Dê preferência aos prestadores de serviços locais, para viabilizar o desenvolvimento econômico, com distribuição de renda, dando mais oportunidades de inserção social para a população da área visitada.

Meio de transporte e bagagem consciente:

Ao decidir qual meio de transporte irá usar para viajar, leve em conta os níveis de poluentes que eles produzem. Tente escolher os transportes coletivos, ao optar por trem ou ônibus você ajuda a poluir menos o meio ambiente.

Bagagem pesada faz com que o meio de transporte emita mais CO2 e também gera mais lixo. Por isso, na ida, tente não levar nada que você poderá comprar no local. Entre os itens inevitáveis, leve-os fora da embalagem, para não produzir lixo. Na bagagem de volta, leve sacos com lixo reciclável, caso não tenha encontrado onde descartar.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Sustentabilidade: Monte sua árvore de natal com filtro de café

Foto: Ciclo Vivo

Você sabia que é possível montar uma árvore de natal utilizando filtros de café usados e muita criatividade? Fácil de montar, o item é uma aposta atraente e sustentável para a decoração de natal da sua casa.

O café é uma das bebidas mais consumidas ao redor do mundo. De preparo simples, são utilizados poucos recursos para prepará-lo – o único material utilizado e que costuma ser descartado é o filtro de papel. No entanto, os estes resíduos podem ter um destino melhor do que o lixo na época de natal.

Para montar a árvore de natal, você vai precisar de:

- 5 a 10 filtros de café usados;

- Um cone de papelão, de isopor ou de espuma;

- Alfinetes;

- Miçangas, botões e outros enfeites;

- Cola quente;

- Tesoura;


Modo de fazer:

Lave bem os filtros utilizados para coar o café. Depois, coloque-os para secar, por, no mínimo, dez minutos debaixo do sol. Dobre os filtros na forma de um leque e corte a extremidade da dobradura, para que o papel possa ser enrolado no cone, como pode ser visto na galeria de imagens. A parte das extremidades, que foi recortada, não deve ir para o lixo.

Feito isso, vá envolvendo a estrutura com o filtro de papel, de baixo para cima. Para segurar os filtros no cone, utilize alfinetes. Quando você estiver perto de preencher a metade, corte o excesso de papel.

Como o cone fica cada vez mais estreito quando está perto de sua ponta, você precisará cortar os filtros por várias vezes. No entanto, este papel não é descartado – e pode ser encaixado com alfinetes nas áreas mais estreitas da sua árvore sustentável.

Ao chegar ao topo do cone, cole o papel que foi cortado da extremidade da dobradura, como vimos nos primeiros passos. Uma vez totalmente recoberta por filtros de café, você pode construir mais camadas, tendo cuidado para não rasgar os papéis.

Agora, basta usar a criatividade para deixá-la ainda mais bonita. Utilize cola quente para colar botões, miçangas e enfeites variados na sua árvore sustentável.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Ong Impacto Social integra festa para crianças carentes

A Ong Impacto Social vai integrar um evento voltado às crianças, filhos dos trabalhadores dos Galpões de Recicladores de Joinville. A ação vai acontecer neste sábado (15/12) e é coordenada pela Secretaria de Geração e Renda com apoio da Oscebem (Obras Sociais Bezerra de Menezes) e Corda (Comissão Rotariana em Defesa da Água). O local será o Centro de Treinamento Ivo Varella, no bairro Boa Vista.

Cerca de 150 crianças são esperadas para o dia com diversas atrações, entre elas vários brinquedos, como cama elástica, além de distribuição de muitos doces e pipoca. A Ong, juntamente com a Corda irão distribuir presentes especiais aos pequenos, que terão um natal diferente. "Sempre procuramos fazer alguma coisa original para as crianças, exemplo disso foram as duas festas que fizemos no ano passado", pontua a presidente da Impacto Social, Sandra Regina Sievert.

A equipe da Ong também ajudará na decoração do local, levando um pinheiro de natal feito exclusivamente com garrafas PET e detalhes recicláveis.

Serviço

O que: Festa de Natal para os filhos dos Recicladores de Joinville
Onde: Centro de Treinamento Ivo Valella (rua José Elias Giuliari, bairro Boa Vista)
Quando: Sábado - 15/12 - às 15h

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Última reunião do ano da Ong Impacto Social será neste sábado

O último encontro oficial da Ong Impacto Social de 2012 será neste sábado (15/12), às 19h. Na ocasião os voluntários e também quem quiser se apresentar como novo voluntário farão um balanço das atividades deste ano, bem como traçar metas para 2013. Uma prestação de contas também será feita, apresentando dados e resultados dos projetos em desenvolvimento, como o Projeto Coleta de Embalagem Metalizada e a Webrádio Interativa (no ar desde junho desde ano).

Serviço

O que: Última reunião do ano da Ong Impacto Social
Quando: sábado - 15 de dezembro - às 19h
Onde: rua Israel, 349, bairro João Costa.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Ong é convidada a desfilar no Bloco da Diversidade no Carnaval 2013

Borboleta: símbolo da Ong e
também tema do Bloco da Diversidade.
Foto: Google  Imagens

A Ong Impacto Social recebeu, nesta semana, o convite para desfilar junto a outras entidades, no Bloco Unidos pela Diversidade, durante o Carnaval de rua de Joinville no ano que vem. A razão do convite foi o símbolo que será usado pelo Bloco na avenida: a borboleta, que por sua vez é o símbolo/mascote da Ong Impacto Social.

Para a Ong, a borboleta foi escolhida pelo fato de voar e levar beleza a vários lugares, com suas cores e tamanhos, fazendo a diferença em jardins, numa alusão ao voluntariado e ao impacto disto nas pessoas. Já o Bloco da Diversidade quer fazer deste inseto um ícone de evolução e transformação, a exemplo do que acontece com nós, seres humanos. Com base nesta retórica o grupo, juntamente com a Ong Impaco Social e outras entidades da cidade, quer entrar na avenida no desfile de carnaval.

"Ficamos felizes com o convite, pois faz parte de nosso lema o respeito pela diversidade, além do orgulho por desfilar com o nosso símbolo, a borboleta", afirma a presidente da Ong Impacto Social, Sandra Regina Sievert.

O enredo que será usado já está pronto e fala sobre Fritz Plauman, considerado o maior etnologista da América Latina, que pesquisou e catalogou milhares de insetos. Com isto, comprovava a evolução das espécies. "Queremos usar a borboleta como um exemplo de evolução, pois de uma larva surge um lindo inseto voador, gerando boas sensações em quem vê uma delas", explica o diretor artístico da Escola Unidos pela Diversidade, Rogério Souza Jr.

E neste domingo, a partir das 21h, o samba enredo da Escola será lançado oficialmente. O encontro está marcado para acontecer na Ivyx Club Mix. A frase balizadora do evento será: "Borboletas, Todo Fritz tem um pouco de Darwin".

Serviço

O que: Lançamento do samba enredo da Escola Unidos pela Diversidade
Quando: domingo, dia 9/12, às 21h
Onde: Ivyx Club Mix (av. Procópio Gomes, 602, Bucareim)


quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Fundamas fecha parceria de trabalho com IFSC

Mulheres no laboratório de Cabeleireiro.
Foto: Leandro Schmitz

A Fundamas fechou parceria, nesta semana, com o IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina), para participação no “Programa Mulheres Mil”. Trata-se de um conjunto de ações visando a inclusão digital, cidadania, sustentabilidade e incentivo à saúde e empreendedorismo às mulheres em situação vulnerável. Em um primeiro momento, o grupo de 90 mulheres terá três dias de beleza, incluindo serviços de cabeleireiro e manicure. Em seguida elas terão cursos de informática e outros relacionados aos objetivos do Programa.

De acordo com a gestora do “Programa Mulheres Mil”, Salete Schimidt, a cada seis meses um grupo de cerca de 100 mulheres é formado por estes cursos e aprendizados. As turmas são fechadas com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social. “O primeiro grupo de Joinville é de trabalhadoras dos galpões de reciclagem”, pontua. Para garantir a presença no Programa, cada uma recebe R$100 de bolsa para custear deslocamento e alimentação.

Nesta terça, quarta e quinta-feira, a primeira turma cadastrada passará por mudanças visuais, com o apoio das professoras e algumas alunas dos cursos de Cabeleireiro e Manicure da Fundamas. Uma das trabalhadoras dos galpões, Iraíde Ribeiro da Costa, aprovou a ideia: “Para nós isto é um resgate, pois nós vivemos sempre focadas no trabalho e esquecemos que somos mulheres e também temos o direito de nos maquiar, cuidar do cabelo e fazer cursos de atualização profissional”.

O Programa Mulheres Mil foi idealizado pelo MEC (Ministério da Educação), em 2009, e aportou em Santa Catarina no ano passado. O IFSC é o responsável pela execução no estado e as primeiras cidades atendidas foram Jaraguá do Sul, Gaspar e São Miguel do Oeste. Agora estão sendo trabalhadas as cidades de Joinville, Canoinhas e Araranguá. Segundo a gerente de Projetos e Parcerias da Fundamas, Ivone Kammer de Paula, já foi assinado um termo de compromisso com o IFSC para garantir a parceria de cursos para 2013: “A Fundamas quer continuar sendo parceira neste Programa, pois a Fundação possui muitas opções de qualificação”.


terça-feira, 4 de dezembro de 2012

1ª Noite da Pizza recebe mais de 500 pessoas

Um dos estandes da Noite. Foto: Eberson Teodoro
A 1ª Noite da Pizza Beneficente, evento que reuniu cerca de 15 pizzarias em torno de uma causa social, recebeu na noite desta segunda-feira, dia 3/12, mais de 500 pessoas. O público prestigiou em torno de 40 sabores oferecidos em forma de um grande rodízio. Todas as pizzarias estavam em um estande  na Sociedade Alvorada e serviram de 200 a 300 pizzas, entre grandes e gigantes. O valor de cada ingresso ficou em R$20.

O evento foi organizado e idealizado pela Ong Impacto Social, e contou com o apoio do Rotary Clube Leste e da Sociedade Alvorada. "Para nós foi muito gratificante ver um evento deste porte tornando-se realidade e as pessoas elogiando a organização. Com certeza a renda será muito bem aplicada", explica a presidente da Ong, Sandra Regina Sievert. Toda a verba obtida com a Noite será revertida para projetos ambientais, como o Coleta de Embalagem Metalizada, em andamento desde maio do ano passado em Joinville. A ação tem como principal objetivo a preservação ambiental e geração de renda aos galpões de recicladores da cidade.

A 1ª Noite da Pizza, evento inédito em Joinville, poderá ser repetida em 2013, sempre objetivando a causa social.

Pizzarias parceiras: Miro Pizzas e Lanches, Cheffmann Pizzaria, Jake Pizzas e Lanches, Galpão das Pizzas, Sanser Pizzaria, Piacentini Pizzaria, Big Pizzas, Ibiza Pizzaria, Baggio Pizzaria e Focacceria, Fatirella Restaurante e Pizzaria, Totens Pizzarias e Gugo Pizzas.

Patrocínio: EcoBenefícios, L Cont Assessoria Contábil e Laboratório Werner. 

As fotos do evento podem ser vistas no perfil de Facebook da Ong: http://www.facebook.com/media/set/?set=a.390149861067783.93735.100002183182257&type=1

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Ong promove 1ª Noite da Pizza Beneficente


A Ong Oscip Impacto Social, com atuação há quase dois anos em Joinville, e o Rotary Clube Leste vão promover na segunda-feira, dia 03/12, a 1ª Noite da Pizza, evento beneficente que deve reunir mais de dez pizzarias da cidade em um grande rodízio. Toda a renda será revertida para projetos ambientais na maior cidade do estado. A 1ª Noite da Pizza está marcada para acontecer na Sociedade Alvorada, no bairro Saguaçú, a partir das 19h, seguindo até às 22h.

Os ingressos ao valor de R$20 já estão sendo vendidos pelos organizadores e também nas redes sociais. Na hora também será possível comprar a entrada. O ingresso dá direito ao consumo livre e as bebidas são à parte. A ação é inédita em Joinville, como explica a presidente da Ong, Sandra Regina Sievert: “Resolvemos fazer um evento deste porte porque ninguém ainda tinha reunido esta quantidade depizzarias em prol de uma causa social. O legal é que todos estão bem unidos”.

As pizzarias levarão, cada uma, dois sabores diferentes, onde nenhum deles será repetido. O objetivo desta ação é contribuir para a continuidade e ampliação de alguns projetos ambientais em andamento na cidade. Exemplo é o Projeto Coleta de Embalagem Metalizada, coordenado pela Impacto Social desde maio do ano passado. Desde então, mais de quatro toneladas de embalagens contendo a parte de metal interna (bombom, salgadinhos, bolachas, etc) tiveram o destino correto e não mais o aterro sanitário municipal. Além disto, este projeto gera renda aos oito galpões de recicladores cadastrados junto à prefeitura.

As pizzarias que estão abraçando esta causa são: Totens Pizzarias, Galpão das Pizzas, Miro Pizzas e Lanches, Big Pizza, Baggio Pizzaria e Focacceria, Pizzaria Cheffmann, Jake Pizzas, Pizzaria Piacentini, Fatirella Pizzaria e Restaurante, Joinville Disk Pizza, Gugo Pizzas, Sanser Pizzaria e Pizzaria Ibiza.


Serviço

O que: 1ª Noite da Pizza
Quando: segunda-feira – 03/12/12 – das 19h às 22h
Onde: Sociedade Esportiva e Recreativa Alvorada (rua Iririú, 1073 – bairro Saguaçú)
Ingressos e informações: (47) 3433 2783 e (47) 8449 8733

Valor antecipado e na hora: R$20

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Os segredos para evitar doenças


Ter uma vida saudável traz benefícios visíveis, mas exige um esforço e dedicação que nem todos estão dispostos a enfrentar. Exaustivamente, o assunto é tema de livros, reportagens, palestras, cursos, uma vez que público não falta.

A escritora norte-americana Geni Stone lançou o livro “Os segredos das pessoas que nunca ficam doentes”. Um ponto interessante da publicação é que ela menciona as populações que dificilmente ficavam doentes. Os cinco locais que abrigam povos mais saudáveis são: a Barbagia, na Itália; Okinawa, no Japão; a comunidade dos Adventistas do Sétimo Dia, na Califórnia; a Península de Nicoya, na Costa Rica; e a ilha grega de Ikaria.

Ao longo do livro ela fala sobre técnicas que se mostraram eficientes na cura de doenças. Já o norte-americano Dan Buettner escreveu o livro “Blue Zones: lições de pessoas que viveram muito para quem quer viver mais”, que virou best-seller.

Baseados neste livros, a Revista Viva Saúde reuniu as 50 dicas mais eficazes para evitar doenças. A seleção é comentada por 21 especialistas brasileiros. Veja abaixo dez destes segredos:

- Beber bastante água (mesmo se não tiver sede);

- Trocar o café pelo chá-verde;

- Eliminar os alimentos com gorduras trans e gorduras saturadas;

- Ir ao dentista regularmente (muitas doenças podem ser detectadas na consulta);

- Aproveitar o contato com a natureza;

- Reduzir o consumo de carnes vermelhas;

- Dormir bem;

- Ter tempo para família e brincar com crianças;

- Evitar o consumo de sal, condimentos, pratos prontos, embutidos e enlatados;

- Estudar sempre para exercitar o cérebro.

Fonte: Ciclo Vivo

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Fios de cabelo podem gerar eletricidade, revela pesquisa

Foto: Google Imagens

Um grupo de estudantes do Nepal fez uma pesquisa revolucionária e descobriu que os fios de cabelo podem ser utilizados na geração de energia fotovoltaica. Os jovens acreditam que esta pode ser a fonte renovável mais barata do mundo.

Nascidos em um das regiões mais pobres da Ásia, cinco adolescentes fizeram uma experiência e descobriram que a melanina, responsável pela pigmentação dos fios de cabelo humano, é uma substância fotossensível que pode ser utilizada como condutor de eletricidade.

Assim, os fios de cabelo podem ser a fonte de energia renovável mais acessível descoberta até agora. O projeto, ainda em fase de testes, começou como uma experiência, mas os jovens pesquisadores acreditam que este método de geração energética tenha ampla viabilidade comercial.

Comandados por Milan Karki, os estudos iniciaram-se em um vilarejo da zona rural do país asiático, na própria casa do estudante. “Primeiro, eu queria gerar eletricidade para a minha casa; depois, para o vilarejo. Agora, já penso que posso fornecer energia ao mundo inteiro”, afirma Karki, empolgado. Ele explica que os fios de cabelo substituem o silício utilizado nos painéis solares de alto custo. Se o material orgânico for utilizado, a energia solar poderá ser gerada por pessoas de baixa renda.

Desde adolescente, Karki desenvolve estudos em geração de energia renovável a preços acessíveis. A inspiração para desenvolver o projeto partiu da leitura de um livro escrito por Stephen Hawking, depois de fracassar em um projeto com fontes alternativas hidrelétricas.  Os painéis produzidos pela equipe de jovens pesquisadores medem 15 polegadas e são capazes de gerar até 18W de eletricidade. O custo de produção de cada exemplar fica em torno de 38 dólares.
Fonte: Ciclo Vivo

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Fundamas abre matrículas 2013 a partir da próxima 2ª feira


O período de matrículas para os cursos profissionalizantes da Fundamas começa a partir desta segunda-feira (26/11) e deve seguir até o fechamento das turmas. As inscrições referem-se ao primeiro semestre de 2013 e abrangem as áreas Metalmecânica, Têxtil, Informática e Prestação de Serviço.

Para efetuar a matrícula, o interessado deverá procurar pessoalmente um dos Centros Educacionais Fundamas com os seguintes documentos:
- CPF;
- RG;
- Comprovante de Residência Atualizado;

Os menores de idade devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis, uma vez que a idade mínima para os cursos profissionalizantes da Fundamas é 16 anos. O cadastro só será confirmado depois da quitação da primeira parcela do curso escolhido, com exceção dos encaminhados pela Secretaria da Assistência Social. Para o ex-aluno que quiser estudar outra área é permitida a matrícula desde que as mensalidades estejam em dia. As oficinas e cursos rápidos das duas unidades Fundamas Casa Brasil (Sul e Norte) iniciarão as matrículas a partir de fevereiro de 2013.

Confira agora as opções e períodos de matrícula por Centro Educacional.


Fundamas Cesita (rua Monsenhor Gercino, 1040 – Itaum. Fone: 3436 0033)

De 26/11 até o término das vagas: Área Informática (Informática Básica, Informática para a Melhor Idade, Editoração Gráfica e Auxiliar Administrativo Informatizado) e Área Industrial (Desenho Mecânico em AudoCAD e AutoCAD e Inventor 3D);

De 27/11 até o término das vagas: Área Têxtil (Costura Industrial e Modelagem, Modista e Modista Especialização) e Área Prestação de Serviços (Mecânica Automotiva Auto Box);

De 28/11 até o término das vagas: Área Prestação de Serviços (Manicure, Pedicure e Unhas Artísticas, Cabeleireiro e Mecânica Inteligente);

De 29/11 até o término das vagas: Área Industrial (Eletricista Instalador Predial e Comercial e Comandos e Acionamentos Elétricos);

De 30/11 até o término das vagas: Área Industrial (Ajustador Mecânico);

De 03/12 até o término das vagas: Área Industrial (Torneiro Mecânico).




Fundamas Cesavi (rua Iririú, S/N – Iririú. Fone: 3427 1828)

De 26/11 até o término das vagas: Área Industrial (Mecânica Geral);

De 27/11 até o término das vagas: Área Informática (Informática Básica, Informática para a Melhor Idade) e Área Social (Inglês Nível 4);



Fundamas Centro XV (rua Brigada Lopes, 153 – Glória. Fone: 3453 2555)

De 26/11 até o término das vagas: Área Têxtil (Modista, Modista Especialização e Corte e Costura);

De 28/11 até o término das vagas: Área Informática (Informática Básica) e Área Social (Pintura em Porcelana).



Fundamas Cespi (rua Joinville, 13.500 – Pirabeiraba. Fone: 3424 1633)

De 26/11 até o término das vagas: Área Informática (Informática Básica e Informática para a Melhor Idade);

De 27/11 até o término das vagas: Área Têxtil (Corte, Costura e Modelagem, Modista Especialização e Modista).


Fundamas Escola Têxtil (rua Albano Schmidt, 4.650 – Comasa. Fone: 3434 1616)

De 30/11 até o término das vagas: Área Têxtil (Costura Industrial, Modelagem em Malha e Modelagem em Tecido Plano).

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Nutricionista lista 20 alimentos que não podem faltar na dieta

Imagem: Divulgação

Ácido elágico, graxo-linolênico, lignina, saponinas e fitatos. Essas palavras esquisitas devem fazer parte do cardápio diário de quem pretende manter uma alimentação saudável. Com funções nutricionais básicas, esses componentes produzem efeitos benéficos à saúde quando consumidos como parte da dieta normal.

— A dieta rica em alimentos de origem vegetal, hortaliças, frutas, chás, trigo e peixes pode oferecer melhora na imunidade celular contra diferentes micro-organismos e células doentes. Já os produtos ricos em vitamina C, zinco, vitamina E e betacaroteno protegem organismo contra a oxi­dação provocada pelos radicais livres — esclarece a nutricionista Cátia Cristina Guerbali, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. de São Paulo.

Ela criou uma espécie de manual para quem deseja incluir esses itens na alimentação. É uma lista com 20 alimentos que não podem faltar na dieta. Tome nota:

1. Alimentos arroxeados — as propriedades funcionais dos alimentos arroxeados e azulados, que contêm ácido elágico, retardam o envelhecimento e neutralizam substâncias cancerígenas.

2. Berinjela — antioxidante, anti-inflamatória, rica em proteínas, cálcio, fósforo, ferro, potássio e vitaminas A, C e do complexo B. É uma aliada ao bom funcionamento das funções vitais. Ajuda a pre­venir o câncer e estimula o sistema imunológico. Suas fibras reduzem a ação de gorduras sobre o fígado e são ideais para o bom funcionamento intestinal.

3. Alimentos amarelos — man­têm o sistema nervoso saudável, ajudam na prevenção do câncer de mama, têm ação antioxidante e retardam o envelhecimento. São ricos em vitamina B-3, ácido clorogênico e também possuem beta­caroteno.

4. Cenoura — por seu alto teor de fibras, auxilia na redução do colesterol, protege contra o câncer e possui grande quantidade de vitamina A, nutriente essen­cial para a saúde dos cabelos, pele, olhos e ossos.

5. Espinafre — suas folhas possuem nutrientes antioxidantes bioflavonoides que ajudam a bloquear as substâncias causadoras de câncer. É rico em carotenoides como betacaroteno e luteína. Boa fonte de vitamina A, C e potássio.

6. Alimentos verdes — as propriedades funcionais dos alimentos de cor verde promovem a desintoxicação celular, inibição de radicais livres, têm efeito anti­cancerígeno, protegem o coração, cabelo e a pele, além de melhorem o siste­ma imunológico e serem importantes para os ossos e contração muscular. Contêm cálcio, clorofila, vitamina C e vitamina A.

7. Semente de linhaça — Seus nutrientes básicos são carboidratos, proteínas, gorduras e fibras. O uso contínuo pode proporcionar aumento da defesa do organismo e redução do ritmo de envelhecimento celular. Também apresenta funções antioxidantes e antican­cerígenas. Por ser rica em ácido graxo-linolênico e lignina, possui ação semelhante aos isoflavonóides e estrógeno, que a torna importante comple­mento para mulheres na menopausa.

8. Salmão — peixe rico em ácidos graxos e ômega 3. Essas substâncias evitam a formação das placas que obstruem as artérias, reduzem o colesterol e combatem os triglicerídeos.

9. Gergelim preto — excelente fonte de proteínas. É rico em gorduras monoinsaturadas e tem elevada concentração de fi­bras. Umedece e lubrifica os intestinos em função da presença de ácido linol, aumentando o peristaltismo intestinal, o trânsito do bolo alimentar e ativando a circulação sanguínea na parede intes­tinal. Apresenta grande quantidade de cálcio, fósforo, ferro e vitaminas do complexo B.

10. Manga — tem alto teor de fibras, ferro e potássio, apresenta baixo teor de calorias. Excelente fonte de betacaroteno, vitamina C, vitamina E, niacina e pectina.

11. Pimenta dedo de moça — entre os nutrientes da pimenta estão as vitaminas A e C, minerais e ferro, que produzem ação antioxidante e imunológica, além de defenderem o organismo contra o envelhecimento

12. Manjericão — rica em magnésio, ferro, cálcio, potássio e vitamina C, E, B3, B6 e zinco. Devido à presença do magnésio, melhora a saúde do sistema cardiovascu­lar. Apresenta função anti-inflamatória, estimulante digestivo e calmante. Previne infecções no intestino. Também contém flavonoides, que protegem as estruturas celulares contra os efeitos dos radicais livres.

13. Tomate — fonte de potássio e das vitaminas A e C, possui licopeno, substância que reduz os efeitos dos radicais livres, estimulando o sistema imunológico. Age na oxidação do colesterol e também auxilia na prevenção do câncer de próstata. Estimula a secreção gástrica e depurativa do sangue, auxilia no tratamento da pele, gota, reumatismo e prisão de ventre. Quando processa­do, apresenta maior concentração de licopeno.

14. Soja — auxilia no combate aos radicais livres por conter antioxidantes, possui ácidos graxos poli-insaturados, compostos fitoquímicos como isofla­vona, saponinas e fitatos. É excelente fonte de minerais, como cobre, ferro, fósforo, potássio, magnésio, manganês, enxofre, cloro e vita­minas A,C, E, e do complexo B. Possui fibras que são de extrema importância para o funcionamento adequado do intestino e têm a capacidade de captar partículas maiores de gordura, levando-as a passar direto pelo intestino, sem serem absorvidas. Pode ser consumida em várias formas como grãos, fari­nhas, extrato (leite de soja), óleo, tofu, missô, shoyo, lecitina de soja e proteína texturizada de soja.

15. Alcachofra — com excelentes propriedades nutritivas e medicinais, possui elevado teor de fibras, vi­taminas do complexo B, vitamina C, potássio, cálcio, fósforo, iodo, sódio, magnésio e ferro. Apresenta como princípios ativos a cinarina e o ácido caféico, que estimulam a formação da bili hepática, responsável pela redução do colesterol e dos triglicerídeos, promove saciedade, melhora no trânsito intestinal e diurese.

16. Chia — concentra altos teores de fibras solúveis, que, além de colaborar para saúde cardiovascular, promove sensação de saciedade e portanto auxilia na manutenção do peso saudável. Possui grande concentração de ômega 3, vitaminas do complexo B, cálcio, magnésio, potássio, fonte de proteína de alto valor biológico.

17. Alimentos vermelhos — são ricos em cálcio, fósforo, potássio e vitaminas A e C. As frutas vermelhas contêm licopeno e flavonoides, que funcionam como antioxidante e promovem benefícios como a redução do risco de doenças cardiovasculares, redução do colesterol e fortalecimento do sistema imunológico.

18. Amora — auxilia no combate às doenças cardíacas e osteoporose, au­menta a taxa de colesterol bom do sangue, regulando os níveis de antioxidantes do organismo. Ajuda a amenizar os sinto­mas da tensão pré-menstrual e melhora a função da memó­ria. Tem propriedades diurética e laxativa e é rica em vitaminas A, B e C, minerais como fósforo, potássio e cálcio.

19. Framboesa — auxilia na prevenção de doenças cardíacas e câncer, contribui para controlar os níveis de colesterol e prisão de ventre. Rica em fibras, contém antocianinas, ácido fólico, ferro e potássio.

20. Morango — atua na prevenção de problemas de pele, aparelho diges­tivo, sistema nervoso e reumatismo. Protege os ossos, evita a má formação dos dentes, auxilia na resistência aos tecidos e age contra infecções, além de ajudar na cicatrização. Possui vitamina B5, ferro e grande quantidade de vi­tamina C.

Fonte: AN

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

14 de novembro: Dia Mundial do Diabetes


Hoje é comemorado o Dia Mundial do Diabetes. A data foi definida pela Federação Internacional de Diabetes (IDF), entidade vinculada à Organização Mundial da Saúde (OMS), e introduzida no calendário em 1991, como resposta ao alarmante crescimento do diabetes em todo o mundo.

Em 2007, a Assembléia-Geral da ONU aprovou a Resolução nº 61/225, considerando o diabetes um problema de saúde pública e conclamando os países a divulgarem esse dia como forma de alerta e os governos a definirem políticas e suporte adequados para os portadores da doença.

Por coincidência, também em 2007, entrou em vigor, no Brasil, a Lei nº 11.347/2006 de autoria do ex-senador José Eduardo Dutra, que dispõe sobre a distribuição gratuita de medicamentos, e materiais necessários à sua aplicação, para o tratamento de portadores de diabetes, reforçando, assim, a garantia constitucional do Sistema Único de Saúde (SUS) de atendimento universal e equânime.

Por isto, o Blog Impacto Social Notícias dá algumas dicas para prevenir uma das mais incidentes doenças da atualidade. Confira:



  • Faça mais atividade física 

A atividade física regular pode te trazer diversos beneficio, como por exemplo:
1. auxilia na perda de peso
2. diminui a taxa de açúcar do sangue
3. melhora a ação da insulina.
Pesquisas mostram que exercícios aeróbicos e de resistência podem controlar controla o DM2, orem a associação de ambos é mais benéfica do que apenas um tipo de exercício isolado.


  • Coma Muita Fibra 

A fibra:
1.reduz o risco de desenvolver DM2
2. reduz o risco de desenvolver doenças cardíacas
3. auxiliam a perda de peso, pois aumentam a saciedade
Alimentos com alto tero de fibras incluem: frutas, vegetais verde-escuros, grãos, feijão, sementes com nozes e castanhas.


  • Coma Alimentos Integrais

Os Gãos diminuem o risco desenvolver DM2 e ajudam a manter o açúcar do sangue em níveis seguros.
Tente ingerir metade dos grãos como grão inteiros ao invés de processados.
Vários tipos de alimentos incluem grãos inteiros com pão integral e muitos cereais.
Procure pela palavra "Grãos inteiros " nas caixas e pacotes.


  • Perca o Excesso de Peso

Procure eliminar o peso extra. Cada quilo perdido previne o aparecimento do DM2.
Em uso estudo, o desenvolvimento de DM2 reduziu em  16% para cada quilo perdido!
Perdas modestas de peso, como 5 -10 % do peso inicial - e exercício físico regular reduzem o risco de DM2 em 60 % ao longo de 3 anos.


  • Não faça Dietas Malucas; Faça Escolhas Saudáveis

Dietas muito restritivas auxilam na perda de peso inicial, porém seu beneficio alongo prazo, prevenindo o diabetes são incertos e sua manutenção difícil. Além disto , dieta muito restritivas podem levar a falta de algum nutriente essencial a sua saúde.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Aprenda a fazer enfeites de natal com materiais recicláveis

Imagem: Divulgação

O natal está chegando e nada melhor do que enfeitar a casa com materiais recicláveis, respeitando a natureza. Existem diversas opções de enfeites ecológicos para fazer o seu natal ambientalmente correto. A sugestão é reaproveitar materiais como rolhas, galhos, tecidos e rolos de papel higiênico, entre outros.

Flores feitas com fitas ou tecido

Recorte tiras bem compridas de tecidos coloridos, dobre-as uniformemente e passe o a linha por uma das extremidades, conforme figura presente na galeria ao lado. O modo como as tiras são costuradas pode variar, para que as flores tenham formatos distintos.

Flores feitas com rolo de papel higiênico

Pegue um rolo de papel higiênico e retire qualquer resíduo de papel ou cola que estiver presente. A seguir, recorte seis “anéis” com cerca de um centímetro de largura, para cada flor. Passe tinta de sua preferência, dentro e fora de cada anel e espere secar. Cole os anéis em formato de pétala e espere secar. Se quiser fazer uma flor sem ser vazada, cole as pétalas separadas sobre um tecido, filtros de café usados e limpos ou papelão, e recorte os excessos.

Para finalizar, passe uma linha por uma das pétalas, una as extremidades do fio com um nó e a flor já estará pronta para ser pendurada.

Árvore de natal feita com galhos

Para começar a construir esta árvore é preciso primeiro encontrar alguns galhos. Faça a seleção dos mais bonitos e mais lisos. A seguir determine qual será o tamanho da base de sua árvore e corte o ramo. Para cada “nível” da árvore diminua cerca de um centímetro, o comprimento dos galhos. Entre cada um, coloque um toquinho de um centímetro, todos estes pedaços podem ser colados com cola quente, para darem forma à árvore. No entanto, existe outra opção, que deixará o artesanato parecido com um móbile. Para isso, faça um furo que atravesse cada peça - de preferência com uma furadeira, depois passe com linha ou um fio de náilon pelo buraco, intercalando os “galhos” e o toco, em ordem crescente. O ideal é que sobre uma alça de náilon para que a árvore possa ser pendurada posteriormente. Se quiser decorar seus galhos, pinte-os depois de furá-los e espere secar.

Enfeites de rolhas

Perfure a rolha no sentido longitudinal e acrescente miçangas decorativas em cada uma das pontas, presas por um fio. Para furar a rolha o ideal é utilizar a furaderia com uma broca pequena. Para finalizar, dê um nó nas pontas para que não se soltem.

Caso prefira, é possível colocar no lugar das coquinhos, sementes ou pequenos caroços no lugar das miçangas.

Fonte: Ciclo Vivo

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Termina hoje, em São Paulo, a Feira de Sustentabilidade

Foto: Divulgação

A 14ª edição da FIMAI acontece entre os dias 6 e 8 de novembro, portanto finaliza hoje (quinta-feira). A feira está reunindo representantes de empresas e diplomatas de vários países, trocando suas experiências de sustentabilidade com os visitantes, que têm entrada gratuita.

Este ano, a FIMAI – Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade – acontece na Expo Center Norte e traz várias empresas que estão se destacando por suas ações de sustentabilidade no mercado atual. O grande número de corporações estrangeiras presentes no evento evidencia que a economia brasileira hoje é, sem dúvida, uma das primeiras em desenvolvimento sustentável no mundo.

Líderes em tecnologias verdes de vários países compartilham suas experiências de mercado com o público. É o caso de algumas empresas da Suécia, especializadas em tratamento de lixo, por exemplo. O descarte correto dos materiais é um tema em evidência no país, principalmente porque, depois que a Lei dos Resíduos Sólidos (12.035/2010) foi aprovada no Brasil, aumentou a procura por sistemas corretos de armazenamento de resíduos.

A Tetra Pak, líder mundial em embalagens longa vida, está fazendo demonstrações da reciclagem dos seus produtos para o público. Enquanto a Sotralentz apresenta aos visitantes as maneiras de aproveitar a água residual das casas, condomínios e hotéis, por meio de um processo de conexão à rede de esgotos. A empresa também expõe depósitos antimicrobianos para armazenar água.

O Consulado Britânico é outra presença importante na FIMAI, exibindo tecnologias para recursos hídricos e sistemas de proteção à biodiversidade, como o monitoramento de afluentes e análises de emissões de gases poluentes.  A Itália e a Alemanha também expõem suas principais tecnologias verdes, ao lado das câmaras de comércio, que incentivam a prospecção de negócios entre os visitantes e os expositores.

O evento é gratuito, mas há opções pagas, que incluem o acesso a palestras e seminários. O visitante que optar pelo acesso restrito, também poderá testar bikes e veículos elétricos em uma pista para test drive instalada no pavilhão.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Começam hoje as Consultorias Ambientais no Condomínio dos Lagos

A Ong Impacto Social começará hoje à tarde a série de Consultorias Ambientais. O primeiro local a ser certificado será o Condomínio dos Lagos, localizado no bairro Saguaçú. O grupo focado será o de trabalhadoras domésticas, que começarão a separar o lixo orgânico do material reciclável de maneira ambientalmente correta.

Ao final de quatro Consultorias, o condomínio receberá uma placa com o selo de certificação para expor em local visível.

Você que é dono de empresa ou síndico de condomínio também pode agendar sua Consultoria Ambiental. Com as dicas e o conteúdo passado, é possível reduzir em até 30% o desperdício de energia elétrica, água, além de obter um melhor gerenciamento de resíduos sólidos. Ligue: (47) 3433 2783 e saiba mais.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Ciclistas estão viajando de Buenos Aires ao Rio de Janeiro

Foto: BiciActivistas

O uso de bicicletas para algumas pessoas é apenas para o lazer, para outros é o principal meio de transporte. Mesmo para quem pertence ao segundo grupo, uma iniciativa de estrangeiros deve impressionar: um arquiteto argentino e um urbanista francês estão vindo de Buenos Aires para o Brasil de bicicleta.

Para eles, a bike pode e deve ser usada como uma alternativa eficiente ao transporte e decidiram mostrar que isso é possível, até mesmo em longas viagens. O arquiteto Julian Grobe e o urbanista Nicolas Dubois são fundadores do grupo BiciActivistas na capital Argentina. No site do projeto, eles explicam que a ideia surgiu devido à insatisfação com as ciclovias da capital, que são invadidas por carros e motos.

A rede foi criada para mobilizar a população e tem como principal projeto o que eles chamam de “A grande viagem”. Ambos percorrerão 40 cidades até chegar ao Rio de Janeiro e, durante o trajeto, pretendem analisar os planos de mobilidade urbana sustentáveis em cada uma delas.

Conforme o planejado, os ciclistas saíram na última segunda-feira (5) e, pedalando em torno de 65 km diariamente, esperam chegar ao Rio de Janeiro no dia 31 dezembro. Durante a jornada, eles farão entrevistas sobre as ações implementadas em diferentes regiões da América Latina, publicarão textos, fotos e vídeos sobre a viagem no site e nas mídias sociais. Além disso, gravarão um curta-metragem sobre a viagem, contando as descobertas, dificuldades e mostrando as melhores propostas encontradas.

Desta forma, o projeto ajudará as cidades que estão buscando alternativas sustentáveis a aplicar as propostas que mais se adequarem aos seus territórios. Ao todo, os ciclistas realizarão um trajeto de 2.800 km.

Se você quiser acompanhar os detalhes da viagem, acesse o Blog deles aqui.

Fonte: Ciclo Vivo

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Vem aí a Noite da Pizza!

Foto: Google Imagens
Se você gosta de saborear deliciosas pizzas e ainda ajudar entidades beneficentes, não pode perder a Noite da Pizza! É um evento organizado pela Ong Impacto Social, com o apoio do Rotary Clube Leste e da Corda (Comissão Rotária em Defesa da Água).

O objetivo é angariar fundos para os projetos sociais destas entidades, tais como o Coleta de Embalagem Metalizada e outros voltados à proteção do meio ambiente e geração de renda pelas comunidades carentes de Joinville.

O evento terá o apoio de 20 pizzarias da cidade e o ingresso antecipado é de R$20. O ingresso dará direito a um verdadeiro rodízio de pizza, pois serão cerca de 40 sabores diferentes, elaborados especialmente para o dia da Festa.

Garanta já seu ingresso pelo telefone 3433 2783!

Noite da Pizza - gastronomia e solidariedade juntas!

Serviço

O que: Noite da Pizza
Quando: 10 de dezembro - às 19h
Onde: Sociedade Alvorada - bairro Saguaçú

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Dicas de Português para seu feriadão


Em que casos escrevo senão e se não? Perco muitos pontos nas provas porque costumo chutar, mas, como não sou Pelé, a bola bate na trave. Quero acertar na rede. Como?
Senão ou se não? O som é o mesmo. Mas a grafia varia. Ora aparece em uma só palavra. Ora, em duas. Escolher entre uma e outra é uma baita dor de cabeça. Basta um cochilo pra que as bolas sejam trocadas. E daí? Dê uma estudadinha no assunto. No fim, você terá uma certeza. O tema não é tão difícil quanto parece.
Use se não quando:

a. puder substituí-lo por caso não: Se não chover (caso não), vamos viajar de carro. Levará falta se não (caso não) for à aula. A declaração deve dizer tudo. Se não (caso não), precisa ser revista.
b. equivaler a quando não: Pareciam amigos, se não (quando não) bons companheiros. O desafio é, se não (quando não) de solução impossível, pelo menos muito difícil. Se lhe convém, leva o trabalho a sério, se não (quando não), leva-o na brincadeira. A empresa vai demitir quatro empregados, se não (quando não) cinco.
c. for conjunção integrante. Aí, é moleza. Ninguém erra: O pai quer saber se não é melhor o filho estudar de manhã. Ele perguntou se não era possível adiar a votação do projeto. Lia se questionou se não era preferível viajar de carro.

Use senão nos demais casos: Nada lhe restava senão (a não ser) a aposentadoria. O deputado não é senão (mais do que) um representante do povo. Não fazia nada senão (a não ser) chorar. Isto não compete à Câmara Legislativa, senão (mas) ao governador. Não há beleza sem senão (defeito).

Há uma propaganda que afirma que determinada empresa tem "respeito pela natureza". É correto?
Olha a regência outra vez. O assunto é difícil. Por isso, existem dicionários especializados em dizer que preposição usar em cada contexto. O de Francisco Fernandes dá nota 10 ao exemplo que você apresenta. Eis outros citados por ele: Tive sempre grande respeito pelos velhos. Volta a jogar sem respeito pelas leis do país. Esqueceu-se do fingido respeito que em toda parte mostrava pela rainha.

EU QUERIA OU EU QUERERIA?

Pretérito Imperfeito do Indicativo                            Futuro do Pretérito
Eu queria                                                                     Eu quereria
Tu querias                                                                     Tu quererias  
Ele queria                                                                      Ele quereria
Nós queríamos                                                              Nós quereríamos
Vós queríeis                                                                  Vós quereríeis
Eles queriam                                                                Eles quereriam

Assim como quereria,  a maioria dos professores também  vacila na tabuada de dois: duas vezes um e não dois vezes um.

Atente para: Devagarzinho chegaremos lá. Bem-vindo. Meio nervosa. Jantar insosso. Houve problemas.

Muita atenção ao pronunciar as seguintes palavras: ru-im (hiato), gra-tui-to (ditongo), in-tui-to (ditongo), cir-cui-to (ditongo), ru-bri-ca (paroxítona), sub-sí-dio (s soa como ss),  ex-tra (ê fechado), seja, haja vista, meio-dia e meia, no-bel (oxítona - nô fechado), re-cor-de (paroxítona), e (letra é ), o (letra ó), mo-lho de carne (mô fechado), mo-lho de chaves (mó aberto), es-pe-lha (ê fechado), pân-ta-no (proparóxitona), ín-te-rim (proparóxitona), têx-til (paroxítona).


EMPREGO DOS PRONOMES DEMONSTRATIVOS: ESTE – ESSE – AQUELE

Os demonstrativos ESTE, ESSE e AQUELE (e suas variações) são empregados em três circunstâncias.
Em relação ao espaço:
ESTE – perto da pessoa que fala.
Este bilhete que tenho em mãos será bem redigido.
ESSE – próximo da pessoa com quem se fala.
Empresta-me esse livro que tens sob o braço.
AQUELE – longe da qual fala e da com quem se fala.
Conheces aquele homem que vem chegando?
Em relação ao tempo:
ESTE – tempo atual, presente.
Este momento jamais será esquecido.
ESSE – passado (normalmente próximo).
Ontem, estive em casa de um amigo e NESSA oportunidade disse-lhe da minha satisfação em revê-lo.
AQUELE – tempo mais afastado.
Antigamente, as coisas eram mais fáceis. Poucos pensariam, NAQUELA época, que a nossa vida seria hoje tão difícil.
Em relação ao discurso (texto):
ESTE refere-se ao termo mais próximo e AQUELE ao mais afastado.
A moça aproximou-se do rapaz; ESTE ficou surpreso; AQUELA, ao contrário, manifestou seu contentamento.
ESTE indica uma ideia que vamos mencionar; ESSE refere-se a uma ideia referida.
ESTE caso que vou relatar nada tem a ver com ESSE de que falei há pouco.
USO NA CORRESPONDÊNCIA

ESTE – perto do remetente.
ESSE – perto do destinatário.
AQUELE – longe dos dois.

Nota:
Os demonstrativos têm a seguinte relação com os advérbios:
ESTE – ESTA – ISTO  =  AQUI
ESSE – ESSA – ISSO  =  AÍ
AQUELE – AQUELA – AQUILO  =  LÁ

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Complexo sustentável será construído em São Paulo

Foto: Divulgação

Com programas de eficiência energética, reaproveitamento de água e gestão de resíduos, o primeiro complexo sustentável da América Latina será construído na capital paulista. A área de convivência vai abrigar residências e estabelecimentos comerciais.

Localizado na Marginal Pinheiros, o Parque da Cidade é um complexo em construção, que ocupa uma área de, aproximadamente, 80 mil m². Destes, 22 mil m² são de área verde, que compreende cerca de 30 mil árvores e um lago. Ao longo do terreno, também estão instalados empreendimentos corporativos, uma área residencial, uma torre comercial, um shopping e um hotel.

Como o projeto foi construído para incentivar a interação do público com a natureza, a única área restrita do Parque da Cidade é onde estão instaladas as residências. Segundo os idealizadores, depois que forem concluídas as obras, cerca de 65 mil pessoas deverão visitar o local todos os dias. O acesso será realizado por meio de um sistema de vans elétricas, responsáveis por interligar o empreendimento às estações de trem e metrô.

Para incentivar a prática de esportes e a redução das emissões de carbono, serão construídas ruas e calçadas que priorizem a acessibilidade dos pedestres, que poderão fazer corridas e a caminhadas. Além disso, o complexo possuirá ciclovias e bicicletários. O Parque da Cidade também deverá contar com postos de recargas para veículos elétricos.

Os idealizadores do projeto pretendem reduzir o consumo de água em até 67%, por meio de investimentos em reuso de água e em sistemas de esgoto a vácuo. O Parque da Cidade deverá contar com iniciativas de eficiência energética, que incluem o aproveitamento da luz natural, o uso de energia solar e os programas de educação ambiental para os visitantes do complexo.

Um edifício do empreendimento já tem escritórios à venda – a média de preço do metro quatro quadrado é de R$ 14.200. Segundo a construtora, este prédio ficará pronto em 2015. No entanto, o Parque da Cidade deverá ser lançado em partes, e será totalmente concluído apenas em 2020.

Fonte: Ciclo Vivo

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Conheça as 10 maiores doenças do mundo corporativo


Rinite, alergia de pele e dor no pescoço. Um destes problemas de saúde já atrapalhou o seu expediente? De acordo com grande parte dos executivos, sim. Ao avaliar 15 mil deles, uma pesquisa da operadora de saúde Omint mapeou como anda a saúde desses profissionais e quais foram as dez doenças mais comuns no mundo corporativo no ano passado.

De acordo com o resultado, a rinite é a campeã. Quase 30% dos executivos entrevistados citaram o problema, enquanto 22,41% sofrem de alergia de pele, e 19,36% têm dores no pescoço.

A poluição das grandes cidades é a grande vilã do sistema respiratório, diz Caio Soares, diretor médico da Omint e coordenador do estudo. “Em cidades como São Paulo, as doenças respiratórias, como a rinite, são muito frequentes”, diz. Segundo ele, altas temperaturas agravam ainda mais o problema. “Isso porque cresce o número de partículas em suspensão no ar”, diz Soares.

As dores no pescoço e ombros estão relacionadas à tensão, diz o coordenador do estudo. “O estresse leva à contração muscular na região do pescoço e ombros”, explica Soares.

Ele também conta que quando especialistas em ergonomia visitam empresas, o número de correções de postura, posicionamento em relação ao computador, altura da mesa e da cadeira é enorme. “Do presidente à recepcionista, todos têm problemas e muitas correções ergonômicas que precisam ser feitas”, explica.

O dado mais alarmante da pesquisa também está relacionado ao estresse e vem crescendo bastante entre os executivos: a ansiedade, na 6ª posição da lista. Se, em 2009, 14% dos executivos avaliados apresentavam sintomas da doença, em 2011, esse percentual chega a 18,20%.

O sentimento de ansiedade é comum, diz Soares, mas se começa a prejudicar as tarefas do dia a dia passa a ser classificado como doença. “O limite é quando a ansiedade começa a interferir nas atividades profissionais ou pessoais”, diz o médico.

Doença200920102011
1- Rinite27,72%28,31%28,97%
2 - Alergia de pele22,58%22,32%22,41%
3 - Dor no pescoço/ombros20,50%19,65%19,36%
4 - Excesso de peso18,59%18,49%18,42%
5 - Dor de cabeça frequente16,81%16,74%16,50%
6 - Ansiedade14,77%16,91%18,19%
7 - Asma ou bronquite13,35%13,47%13,47%
8 - Insônia11,64%11,07%10,83%
9 - Colesterol alto11,49%11,58%11,53%
10 - Dor crônica nas costas9,85%9,17%8,52%
Fonte: Info

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Condomínio dos Lagos contrata Consultoria Ambiental da Ong Impacto Social

O Condomínio dos Lagos, localizado no bairro Saguaçú, contratou a Consultoria Ambiental, serviço prestado pela Ong Impacto Social. A primeira palestra incluída no pacote deverá ser realizada nas próximas semanas e o conteúdo será direcionado às empregadas domésticas do condomínio, totalizando, em média, 40 trabalhadoras.

A palestra tem a duração de meia hora, com espaço aberto para perguntas e interatividade. Na ocasião, as empregadas irão aprender a separar o lixo orgânico do reciclável de maneira correta, sem contaminar o material que pode ser aproveitado. Receberão informações sobre o Aterro Sanitário de Joinville, bem como sua capacidade de armazenamento, entre outros dados. Ao fim, todas ganharão certificado de participação e o condomínio receberá um selo de responsabilidade ambiental.

"Queremos promover uma mudança na forma como as pessoas armazenam e destinam o lixo e no caso dos condomínios, nada melhor do que usar as empregadas domésticas e as donas de casa", afirma a presidente da Impacto Social, Sandra Regina Sievert.

A Consultoria Ambiental é um serviço que não limita-se apenas à cidade de Joinville. Os condomínios localizados nas cidades da região nordeste de Santa Catarina também poderão contratar o serviço da Ong Impacto Social. Para isso basta entrar em contato com o telefone (47) 3433 2783.

Esta Consultoria é fruto de uma necessidade encontrada junto aos Galpões de Recicladores de Joinville. Muito do é enviado pelos caminhões da Coleta Seletiva chega a estes locais misturado com lixo orgânico, impossibilitando seu aproveitamento, como por exemplo, cascas de frutas e resto de alimentos junto ao papel. Com a Consultoria e a educação por meio dela conquistada, espera-se que tudo possa chegar aos Galpões devidamente separado, sem prejudicar a qualidade dos recicláveis.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Aprenda a fazer porta copos com tampinhas PET


As tampinhas de garrafas PET tem inúmeras utilidades. A dica de hoje é para quem vai receber visitas no fim de semana ou, simplesmente, quer enfeitar a mesa do café para a família.

Para fazer o porta-copo serão necessários os seguintes itens:

- Tampinhas de garrafa PET

- Pedaços de tecidos (de preferência escolha de cores diferentes)

- Linha

- Agulha

- Tampa de extrato de tomate

- Tesoura

- Caneta

O primeiro passo é cortar os tecidos em formato circular. Utilize a tampa de extrato de tomate e a caneta para marcar o corte. Coloque uma tampinha em cada retalho e faça fuxicos com a linha e a agulha. Agrupe sete peças forradas de fuxico, junte-as passando a linha entre elas e formando uma flor.

Repita os mesmos passos e faça mais quatro flores com sete tampinhas cada. Junte-as e arremate com a linha para formar um porta-copo, ou seja, para cada peça serão reaproveitadas 28 tampinhas de garrafas.

O item de decoração é bonito, útil e é facilmente produzido em casa, com materiais simples. Por isso, ao invés de jogar as próximas tampinhas fora, guarde-as. Com certeza a ideia chamará atenção de outras pessoas e você poderá ensiná-las também a arte de reaproveitar.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Dentistas farão exames de prevenção ao câncer bucal nesta 5ª feira em Joinville

Foto: Google Imagens

O câncer bucal ocupa o terceiro lugar entre os tipos de câncer maligno mais comuns entre os homens e o sétimo entre as mulheres. Por isso, nesta quinta-feira (25/10), data comemorativa do Dia do Cirurgião-Dentista, todas as unidades de saúde de Joinville com atendimento odontológico vão fazer a terceira Campanha de Prevenção contra o Câncer de Boca.

Segundo os responsáveis pelo Programa Saúde Bucal de Joinville, os cirurgiões-dentistas Allan Abuabara e Christine Boehm da Costa, o público prioritário a ser examinado serão os fumantes de cigarro e de cachimbo, adultos com idade superior a 40 anos e pessoas que consumam frequentemente bebidas alcoólicas, justamente por serem as mais propensas a desenvolverem a doença.

A doença tem como principal sintoma o aparecimento de feridas na boca que não cicatrizam. Feridas indolores que podem sangrar ou não, manchas esbranquiçadas ou avermelhadas e áreas endurecidas também são outros sintomas que ajudam o diagnóstico. “Os sinais de câncer de boca em estágio avançado englobam a dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de linfonodo (íngua) endurecido e fixo no pescoço”, complementa Christine.

A prevenção e a detecção precoce são os principais objetivos da campanha para reduzir a taxa de mortalidade pela doença e melhorar a qualidade de vida, evitando tratamentos radicais. Na primeira Campanha de Prevenção contra o Câncer de Boca, realizada em 25 de outubro do ano passado, foram examinadas cerca de 200 pessoas. Já no dia 3 de abril deste ano, quando aconteceu a segunda campanha, mais de 450 pessoas procuraram o exame gratuito nas unidades de saúde.

Também nesta quinta-feira, a Univille realizará exames nos idosos do Ancionato Bethesda, e a Associação Brasileira de Odontologia (ABO) vai atuar na divulgação para a população. O objetivo comum é conscientizar a população sobre o câncer de boca, orientar quanto aos fatores de risco, como realizar o autoexame e encaminhar para tratamentos os casos suspeitos. Para fazer o exame, basta se dirigir a unidade de saúde no horário de atendimento do dentista, sem necessidade de agendamento.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Fábrica da BMW em Araquari X Meio Ambiente

A nova fábrica da montadora alemã, BMW, foi anunciada com euforia de maneira oficial nesta semana. Vai ser instalada na cidade vizinha de Araquari até o fim de 2014. Este assunto já vinha sendo discutido pelas autoridades desde o início do ano e agora torna-se realidade. Em termos de movimento econômico, geração de emprego e renda, são inegáveis os benefícios. Porém é preciso atentar para outros detalhes, como por exemplo, o Meio Ambiente.

Hoje as grandes e médias cidades do mundo todo sofrem com a super circulação de veículos pelas ruas, prejudicando a mobilidade das pessoas. Sem contar a emissão de gases poluentes na atmosfera, fato hoje nem muito discutido, como há tempos atrás.

A promessa da nova fábrica é produzir até 30 mil veículos por ano. Claro que boa parte será exportada, mas ainda sim fica a reflexão: se apenas uma fábrica produz toda esta quantidade de veículo, que dirá outras marcas e modelos no mundo todo? Onde vai parar tudo isso? As cidades estão preparadas para receber mais carros? Alguém diria: "Mas os veículos são trocados de tempos em tempos". E os carros usados? Vão para o ferro velho? São reciclados? Nem sempre.

Ao escrever este post me posiciono a favor do Meio Ambiente, mas não sou contra a geração de emprego e renda. Acredito que a chegada de uma fábrica deste porte para a região vai impulsionar e muito a economia local. Quero apenas deixar uma provocação, pois hoje fala-se muito na mobilidade urbana, transportes alternativos, incentivo ao ônibus, metrô e bicicletas. As pessoas reclamam do trânsito engarrafado, dos constantes atrasos por conta deste fato. Porém esquecem que ao beneficiar a produção de mais veículos, lá na outra ponta há um desnível. A conta não fecha. É preciso achar uma saída para este impasse.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Dicas valiosas para fazer compra online de forma sustentável

Foto: Google Imagens

Muitas pessoas conseguem se controlar diante das boutiques nas ruas e físicas, mas não resistem aos descontos atrativos das lojas virtuais. Como na maior parte das vezes compensa, alguns exageram e vão além das compras necessárias.

O chamado e-commerce movimenta um mercado que tende a render cada vez mais. O sucesso das vendas online pode ser percebido pela instalação de uma filial da Amazon no Brasil, maior empresa americana de comércio eletrônico. De acordo com a Info, o faturamento no setor deve ultrapassar a marca de 22 bilhões de reais neste ano.

Para quem já está inserido neste mundo virtual, as dicas a seguir vão ajudar a fazer compras online mais conscientes:

- Acumule os itens que precisa comprar: Fazer um pedido por semana causa muito impacto ambiental. A cada entrega, aumenta a emissão de gases poluentes da transportadora. Faça uma lista de itens que deseja e só efetue a compra quando puder comprá-los todos de uma só vez.

- Evite a devolução do produto: Todas as empresas, mesmo as lojas físicas, passam pelo problema de não encontrar o cliente em casa. Essa situação faz com que aumente o número de viagens do caminhão de entrega. Para evitar essa situação, opte por colocar o endereço de entrega na casa de um parente ou amigo, onde sabe que terá alguém para receber ou, se possível, envie suas encomendas para seu local de trabalho.

- Evite imprimir comprovantes: Procure imprimir os documentos realmente necessários. Por precaução, muitas pessoas imprimem tudo o que veem pela frente, recibos de entrega, confirmações de pedidos, entre outros arquivos que provavelmente não terão serventia alguma. Deixe os documentos online, e, para sua segurança, faça backup de seu e-mail e de seus arquivos do computador.

- Compre menos: Livrarias, loja de eletrodomésticos, eletrônicos. Tudo na internet parece sair “mais em conta” e, na maioria das vezes, é mesmo. Mas isso não é motivo para comprar descontroladamente. Resista às promoções, aos descontos, ao compre um, leve dois, três, enfim, evite o consumismo.

Fonte: Ciclo Vivo

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Decreto sobre Código Florestal é publicado com vetos

Foto: Google Imagens

O decreto presidencial que altera a medida provisória aprovada pelo Congresso, que muda o texto do novo Código Florestal, foi publicado na manhã desta quinta-feira (18) no “Diário Oficial da União”.

O governo anunciou nesta quarta-feira (17) que realizaria suspensões ao texto aprovado pelos senadores em setembro. Segundo a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, as modificações foram fundamentadas em três princípios: “Não anistiar, não estimular desmatamentos ilegais e assegurar a inclusão social no campo em torno dos pequenos proprietários”, disse.

Dilma vetou o artigo 83 e fez vetos parciais nos artigos 4º, 15º, 35º, 59º, 61º-A e 61º-B. O decreto esclarece ainda como vai funcionar o Sistema de Cadastro Ambiental Rural (CAR) e estabeleceu normas aos Programas de Regularização Ambiental (PRA).

No artigo 4º, a presidente vetou o nono parágrafo, que não considerava Área de Proteção Permanente (APP) em zonas rurais ou urbanas a várzea fora dos limites previstos pelo artigo. De acordo com a publicação, a leitura do texto “pode provocar dúvidas sobre o alcance do dispositivo, podendo gerar controvérsia jurídica”.
O inciso II do parágrafo 4º do artigo 15º também foi vetado pela presidência. O texto que veio da comissão mista do Congresso dispensava da recomposição de APPs proprietários rurais que tivessem 50% de Reserva Legal em sua propriedade, porém incluía áreas de florestas e outras formas de vegetação nativa ali presentes para alcançar este total.
Foi vetado também o primeiro parágrafo do artigo 35º, que permite o plantio ou reflorestamento de espécies florestais nativas, exóticas ou frutíferas. Segundo o veto, o texto aprovado dá interpretação de que passaria a ser exigido o controle de origem do plantio de espécies frutíferas por órgãos ambientais, já que o objetivo é fiscalizar espécies florestais.
A presidente também suspendeu o parágrafo sexto do artigo 59º, sobre a implantação do Programa de Regularização Ambiental (PRA). O veto refere-se à imposição de prazo de 20 dias após a adesão do proprietário rural ao PRA para que eles promovam a regularização ambiental. Segundo a justificativa, os prazos deverão ter uma regulamentação específica.

Fonte: G1

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Sábado é dia de Reunião Ordinária da Ong Impacto Social

Neste sábado você poderá acompanhar os trabalhos e conhecer melhor a equipe da Ong Impacto Social. A reunião mensal Ordinária está sendo preparada para acontecer na tarde deste sábado e você é nosso convidado!

Agende-se:

Local: Laboratório Werner (em frente ao Hospital Regional, no Boa Vista)
Horário: 16h30
Quando: 20/10 - sábado

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Sistema de aluguel de bikes poderá implantado em Jlle até o fim do ano

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Joinville pretende implantar até o fim deste ano sistema de bicicletas de aluguel. Um passo decisivo foi dado com a criação da comissão de implantação, por meio do decreto nº 19.666, de 9 de outubro, que será publicado nesta semana no Jornal do Município.

Pelo decreto, a comissão terá 30 dias para propor o modelo institucional para delegação ou autorização do serviço, realizar audiência pública para apresentar o projeto do sistema de bicicletas de aluguel, promover e avaliar teste operacional de sistema antes da chamada de propostas e, ainda neste prazo, promover a chamada de propostas por meio de edital. Depois disso, a comissão terá mais 30 dias para escolher a empresa que vai operar o sistema. A equipe também terá a função de acompanhar a implantação.

A Comissão reúne representantes da Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville (Ippuj), Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra), Instituto de Trânsito e Transporte (Ittran) e Secretaria de Administração. O grupo é coordenado pelo presidente do Ippuj, Vladimir Tavares Constante, e a primeira reunião está marcada para terça-feira da semana que vem, 23 de outubro.

Um anteprojeto de sistema de bicicletas de aluguel integrado ao transporte coletivo da cidade já foi elaborado pelo Ippuj, com base em pesquisas e estudos, entre eles a visita técnica, no ano passado, por uma comitiva de Joinville ao sistema em operação e já consolidado em Paris, na França, e em Barcelona, na Espanha.

O anteprojeto prevê, em sua primeira etapa, a implantação de 20 a 30 estações com 200 a 400 bicicletas na área central de Joinville. As estações serão locadas junto a pontos de interesse dessa região, como terminal central de ônibus, Hospital Municipal São José e shoppings Mueller e Cidade das Flores. “Outras áreas da cidade farão parte da expansão do sistema”, explica o presidente do Ippuj.

Representantes do instituto também se reuniram, neste ano, com a empresa de aluguel de bicicletas que operou experimentalmente durante o Festival de Dança e que atualmente opera nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, Sorocaba (SP) e Porto Alegre (RS). Outras duas empresas manifestaram interesse em operar em Joinville: uma opera o sistema em Barcelona e outra o sistema de aluguel na USP, em São Paulo.

Vladimir Constante explica ainda que a implantação do sistema mostra o esforço do município em promover o desenvolvimento sustentável, além do favorecimento dos modos não motorizados sobre os motorizados ser uma diretriz do Plano Diretor. Joinville também assinou compromissos com o programa Cidades Sustentáveis, que incentiva ações em prol da sustentabilidade.

O sistema de aluguel de bicicletas é famoso em Paris (França), está consolidado em Barcelona (Espanha), sistemas visitados pela Prefeitura em 2011, e se espalha pelo Brasil. Na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o sistema funciona há um ano e ultrapassou a marca de 1 milhão de usuários. Em São Paulo (SP) e Porto Alegre (RS), o aluguel de bicicletas está em fase de ampliação. O sistema também foi implantado recentemente em Sorocaba e São Caetano, cidades do porte de Joinville.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Casa portátil também pode ser ecologicamente correta

Foto: Divulgação
Uma invenção inovadora de um canadense chamado Laird Herbert pode revolucionar o modo de morar. Uma casa portátil e também ambientalmente responsável. Trata-se de uma pequena casa, mas ao mesmo tempo confortável.

A residência apresenta uma sala de estar com sofá-cama, cozinha funcional, banheiro com banheira compacta e uma área de jantar. Além disso, a casa dispõe de muitos ​​elementos sustentáveis, como a compostagem do banheiro, sistema eficiente para aquecimento e armazenamento de água e iluminação de LED. Ideal para quem precisa viajar muito, sem dispensar a segurança e conforto do próprio lar.

Esta atitude mostra que é possível sim acompanhar o desenvolvimento habitacional sem esquecer de proteger os recursos naturais. Quem ficou interessado poderá entrar em contato com o site do criador: http://tinyhousing.ca/index.php/about.html

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Sábado na Estação com música, Mercado de Pulgas e Feira de Arte e Artesanato

Foto: Portal Joinville

Neste sábado (13/10), será realizada mais uma edição do projeto “Sábado na Estação”. A programação inicia às 9 horas com a Feira de Arte e Artesanato e Mercado de Pulgas. O evento ocorre na Estação da Memória até 17h, sendo aberto à comunidade.

Sobem ao palco nesta edição, as bandas joinvilenses Silverdale, Miopia e Somaa, a partir das 11 horas. Os interessados em participar do Mercado de Pulgas podem fazer a inscrição até esta quinta-feira (11/10), pelo telefone (47) 3433.2190, com Pardal.



Programação:

9h às 14h – Feira de Arte e Artesanato e Mercado de Pulgas
11h – Banda Silverdale
12h – Banda Miopia
13h – Banda Somaa



Serviço:

O quê: Sábado na Estação
Quando: sábado (13/10), das 9h às 17h
Onde: Estação da Memória - Rua Leite Ribeiro, s/nº - Anita Garibaldi
Quanto: Gratuito

Informações: (47) 3433.2190 com Pardal

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Cresce número de imóveis com certificação de habitação sustentável

Foto: Google Imagens

O Processo AQUA (Alta Qualidade Ambiental) para edifícios habitacionais foi lançado, em 2010, e desde então já conta com um portfólio de 27 prédios, incluindo um conjunto de 80 casas para a faixa de renda de três a dez salários mínimos.

O AQUA é uma certificação internacional da habitação sustentável, desenvolvido e adaptado à cultura, clima, normas técnicas e regulamentação brasileiros, pela Fundação Vanzolini.

Em 2010 e 2011 foram três empreendimentos em cada ano e, em 2012, esse número saltou para 11 lançamentos. Esse crescimento demonstra que o mercado possui um perfil de clientes exigentes quando o assunto é moradia.

A certificação de edificações habitacionais mostra que a consciência e as exigências dos empreendedores e clientes evoluíram. Junto a isso, os avanços na tecnologia, a normalização e a regulamentação impulsionaram o aperfeiçoamento de novos referenciais técnicos e do próprio processo de certificação AQUA.

Além do crescimento nos números de habitações, o Processo AQUA registra no total – incluindo todas as modalidades de edificações – a certificação de 80 empreendimentos. O professor Manuel Martins, coordenador executivo do Processo AQUA, afirma que toda a construção é analisada.

“O processo não prescreve sistemas ou processos construtivos, nem soluções, nem materiais, pré-definidos, mas, um projeto coerente, com desempenho ambiental, condições de conforto e saúde. O processo avalia o planejamento e o projeto do empreendimento, a execução e a operação, quando o usuário passa a ocupar a edificação, e pode alcançar até o final da vida útil, na fase de desconstrução ou requalificação", explica Martins.

O Processo AQUA contém o referencial técnico para bairros e loteamentos que foi adaptado da experiência do Rive Gauche, bairro de Paris e outras obras, a partir das quais foi desenvolvido o HQE (Haute Qualité Environmentale) Aménagement na França. Adaptado à cultura da construção brasileira, esse referencial tem o objetivo de melhorar a qualidade urbana e territorial e contribuir com a mudança do modelo de desenvolvimento das cidades locais.

Fonte: Ciclo Vivo.